Em artes gráficas, basicamente dois tipos de moiré são comuns com os que trabalham com imagens: o moiré de scanner e o moiré de sobreposição para a impressão de retículas.

O moiré de sobreposição surge quando dois padrões de retícula – com frequência e/ou inclinações diferentes – são aplicados um sobre o outro.

O moiré de scanner acontece quando os pontos de retícula são captados gerando padrões (rosáceas das retículas para gerar uma cor). Por isso devemos digitalizar originais (fotos, cromos ou negativos) e não de impressos.
Além de gerar texturas estranhas sobre a imagem, o moiré também pode alterar as cores originais.

Untitled5 - Moiré
Fonte: Artes Finais
ambiente de trabalho na serigrafia

Como manter um bom ambiente de trabalho

Conquistar e manter um bom ambiente de trabalho na estamparia é fundamental! Então, no post de hoje, vamos conferir algumas dicas de como alcançar esse objetivo. Na serigrafia, por...

Leia Mais
4 dicas para manter o foco na sua estamparia

4 Dicas para focar no crescimento da sua ...

Uma das maiores dificuldades que os donos de lojas de estamparia encontram é a capacidade de manter o foco! Isso acontece por vários motivos: Os donos ficam ocupados respondendo...

Leia Mais
Serigrafia profissional 3 problemas para evitar - Serigrafia profissional: 3 problemas para evitar

Serigrafia profissional: 3 problemas para...

O objetivo do post de hoje é dar 3 dicas para que você evite problemas em sua serigrafia antes mesmo deles ocorrerem! Mantenha até mesmo os clientes mais exigentes satisfeitos...

Leia Mais