Hoje vamos falar um pouquinho mais sobre esses processos na estamparia por serigrafia. Você puxa? Você empurra? Faz o controle da tinta sobre a matriz para que ela não escorra?

Sobre puxar ou empurrar, existem algumas diferenças para quando isso é feito manualmente. Você até pode ter preferência por uma ou outra técnica, mas a verdade é que cada uma pode lhe servir melhor dependendo da aplicação.

Puxar: Quando você puxa você coloca pressão. Nesse sentido você faz mais força e sente mais seus músculos, isso porque você precisa colocar sua força e peso sobre o rodo. Se você fizer força apenas com a mão, a lâmina do seu rodo irá dobrar e você não conseguirá imprimir.

Um ângulo de 70 a 80 graus para o rodo é uma boa pedida. Quanto mais em pé o rodo estiver, menos pressão e menos tinta passará pela matriz, com o rodo um pouco inclinado você é capaz de colocar a pressão adequada para o resultado final que deseja.

pasted image 0 - Serigrafia: Puxar, empurrar e controlar a tinta

fonte: http://bit.ly/1XuhaUp

silk - Serigrafia: Puxar, empurrar e controlar a tinta

(Na imagem acima você vê que a lâmina dobrou totalmente, isso é ruim! As lâminas são flexíveis e podem se curvar um pouco, porém se ela se curvou demais é porque você está colocando muita pressão. Isso acontece muitas vezes em máquinas automáticas. É bom ficar de olho. fonte: http://bit.ly/1YW198B).

Ao empurrar, é um pouco mais complicado fazer esse controle do ângulo. Em pé você não conseguirá imprimir, tampouco se o rodo estiver muito inclinado. No entanto, ao empurrar o trabalho se torna um pouco mais leve já que você poderá contar com o peso do seu corpo para empurrar o rodo.

Dica: se você fizer uma estampa para empurrar, sempre empurre, se fizer uma para puxar, sempre puxe. Dessa forma você consegue um resultado mais consistente. Se você fizer nos dois sentidos a impressão poderá sair falhada pois você estará empurrando o tecido da matriz serigráfica em outra direção.

Controlar a sua tinta sobre a matriz serigráfica é outra dica muito importante. Ao empurrar, por exemplo, pode acontecer da tinta acumular sobre a lâmina do rodo e começar a sujar seus dedos. É muito importante manter tudo que está ao alcance das suas mãos o mais limpo possível. Nos rodos, a tinta deve ficar apenas nas lâminas e não na parte em que você segura. A mesma coisa funciona para as telas: a tinta deve ficar apenas sobre a malha e não nas bordas.

No fim das contas tudo depende de você! O nosso objetivo é mostrar como essas técnicas funcionam, e não lhe dar um manual do que você DEVE fazer. Quem irá decidir a melhor forma para trabalhar é cada um, depois de muitos testes, comparativos e aprendizado, não é mesmo? Mas esperamos que essas dicas lhe salvem um pouco de tempo e dinheiro.

impressão e tintas UV

A impressão com tintas UV e suas vantagens

No post de hoje vamos falar um pouco mais sobre a impressão com tintas UV e te preparar para o próximo lançamento Fremplast: INK JET UV FLEXÍVEL. Mas, afinal,...

Leia Mais
page 01 8 - Dicas para escolher o moletom certo para sua marca

Dicas para escolher o moletom certo para ...

Como escolher o moletom certo para a sua coleção de inverno? Você deseja criar um produto de qualidade que irá ajudar a construir sua marca ou apenas produzir uma...

Leia Mais
prensa térmica

4 dicas na hora de trabalhar com uma pren...

No post de hoje vamos focar em dicas na hora de usar a sua prensa térmica para estampar que vão lhe ajudar a poupar dinheiro. As prensas térmicas são...

Leia Mais