Tie-dye é um termo moderno inventado em meados da década de 1960, porém a técnica é muito mais antiga. O processo de tie-dye normalmente consiste em dobrar, torcer e amarrar o tecido com barbante ou elásticos, seguido pela aplicação de tintura.

WhatsApp Image 2020 09 14 at 13.13.45 2 1024x768 - Saiba mais sobre a moda tie-dye

Embora tenha ganhado popularidade na América durante o apogeu dos hippies, as raízes do tie-dye remontam à antiga Ásia. 

Os primeiros registros escritos sobre tie-dye vêm da China e do Japão. O processo foi usado durante a Dinastia T’ang na China e o Período Nara no Japão, já no século VI. As pessoas usavam tintas naturais de frutas, folhas, raízes e flores para colorir roupas. Esses itens naturais eram fervidos e os tecidos, então, embebidos em água quente e tingida para adquirir uma nova cor.

A moda tie-dye na verdade faz parte da cultura americana desde os anos 1920, mas ganhou força mesmo com o movimento hippie.

Força do tie-dye

A moda tie-dye representou uma necessidade universal de amor e compaixão em um momento político turbulento cheio de agitação civil, falta de justiça, escândalos políticos e a Guerra do Vietnã. Dessa forma, a cultura jovem se rebelou contra as formas conservadoras de vestimenta e aparência que influenciaram a geração de seus pais e se preferiu uma forma mais simplista de representação. Os hippies rejeitavam todas as formas de padronização e desejavam se livrar de adereços materiais, e o tie-dye era uma consequência natural. A capacidade de um produto único no final de cada sessão de tingimento prometia individualidade, algo essencial para a postura da contracultura.

Músicos de rock populares como John Sebastian, Jimi Hendrix e Janis Joplin tornaram-se símbolos do movimento Woodstock, vestidos com seus próprios redemoinhos de cores psicodélicas.

WhatsApp Image 2020 09 14 at 13.13.45 1024x768 - Saiba mais sobre a moda tie-dye

Hoje, as camisetas tie-dye continuam populares como sempre. Atualmente, elas vêm em uma ampla gama de cores e estilos. De redemoinhos de cores vivas a pastéis mais suaves, existem estilos de tie-dye para todos.

TIE-DYE COM FS LÍQUIDO TING DIE

FS Ting Die é um produto líquido e leitoso, e pelas suas características de alto rendimento das cores, maciez e solidez, possibilita a pigmentação até 2% pigmento, tendo como resultado final cores vivas e bastantes macias no tingimento a frio. Indicado para ser aplicado sobre tecidos e malhas de algodão 100% e suas misturas e sobre algumas fibras sintéticas.

Para acessar o passo-a-passo com todas as etapas com fotos acesse: Tie-Dye com FS Ting Die.

Aproveite e veja também: Alerta Tendência – Muscle Tee e Tendências internacionais para ficar de olho.

Se gostou, não deixe de acompanhar o nosso Blog e seguir a Fremplast nas redes sociais: FacebookInstagramYoutube e Twitter.

tinta para personalização de copos

Copos personalizados – mercado lucr...

Vamos falar sobre o mercado de copos personalizados? Podem ser brindes, itens promocionais ou mesmo encomendas para eventos ou marcas. Esse é um mercado que continua em crescimento e...

Leia Mais
investindo em sua serigrafia

Investir em sua estamparia durante a pand...

No post de hoje vamos falar sobre investir em sua estamparia durante a pandemia. Assim, vamos ver alguns pontos interessantes onde você pode investir e se sobressair! É fácil...

Leia Mais
estamparia e boa relação com os clientes

Estamparia: Construa uma boa relação com ...

Um pouco de comunicação ajuda muito a simplificar o processo para você e seus clientes. Então, veja nossas dicas e construa uma boa relação com seus clientes. Para fornecer...

Leia Mais