Telefone: +55 11 2489-6960 | 0800 772 1069


As características dos rodos de impressão são:

1) Dureza

A dureza do rodo é medida em “Shore”, de uma maneira geral é utilizado de60 a80º “Shore” para se fazer a impressão. Existem diferentes cores de diferentes fabricantes para definir dureza.

O durômetro é a ferramenta adequada para avaliar a dureza de qualquer tipo de rodo de impressão.

Rodos duros (70-80º “Shore”) são mais indicados para trabalhos de grandes formatos e de meios-tons (indexado), quando o rodo é muito duro, provoca surgimento de listas na impressão de superfícies e perde-se a qualidade de impressão da tela para altas tiragens.

Rodos macios (60-65º “Shore”) são mais indicados para impressões em substratos irregulares, quando for muito macio pode dobrar para trás se pressionado demais. O ângulo do Rodo torna-se muito plano e a tinta escorre por baixo da tela, aumentando assim o depósito de tinta.

2) Material

Pode ser fabricado em:

Borracha ou borracha sintética (Neopren) que não tem resistência a solventes e co-solventes devendo ser utilizado apenas onde à impressão só for feita com tinta base água.

Poliuretano que possui alta resistência a abrasão, a solventes e co-solventes. O material pode endurecer com o tempo. O longo contato com solventes faz o material inchar, deformar tornando-o assim, inutilizável. O correto é secar o rodo imediatamente após sua impressão. O rodo não pode apresentar riscos e arranhões em sua superfície ou laterais, o que produz impressão com faixas. É necessário afiar o rodo constantemente.

 

A)    Ângulos:

Normalmente o ângulo de uso é de 75º. Quando diferente deste ângulo, ocorre uma influência direta no depósito da tinta no substrato e precisão de registro.

Muito inclinado: Nesta posição, a flexibilidade da lâmina do rodo é reduzida e o rodo só flexiona para trás com bastante dificuldade durante a impressão.

O risco da quina da lâmina efetuar um corte na tela é grande, o depósito de tinta é baixo. O atrito com a tela é alto pois o tecido é puxado na direção da impressão e provoca alteração nos tamanhos.

Muito plano: A lâmina pode flexionar para trás pressionando uma quantidade maior de tinta através da tela. A tinta escorre por baixo da tela.

B) Pressão do Rodo

Pressão excessiva altera o registro, pois o rodo puxa o tecido. Por esta razão sempre trabalhe com a pressão mais baixa o quanto for possível.

Durante a impressão de uma determinada tiragem independente se alta ou baixa é proibido alterar a pressão.

Em impressão de sistemas pneumáticos o ajuste (bar) depende do comprimento do rodo. O comprimento e a pressão possuem uma relação linear.

 

Exemplos:

Rodos de 50cm = 2,5 bar

100 cm= 5,0 bar

200 cm= 10,0 bar

 

C) Tamanhos de matrizes serigráficas:

As matrizes devem ter o tamanho que permitam que entre a área de impressão e a lateral do quadro tenha uma distância mínima de12 cmem ambos os lados de impressão, pois distâncias muito pequenas produzem distorção visível.

3) Tipos e perfis de Rodo

 

A)    Tradicionais

B) molded edge