moda intima fremplast - Moda íntima puxa exportações cearenses

Apesar da alta competitividade nos diferentes setores de vestuário, o alto valor agregado dos produtos de alguns segmentos da indústria cearense tem projetado o Estado em relação às exportações nacionais.
Com “Moda íntima”, o Ceará apresenta-se como destaque, ficando em terceiro lugar em participação na indústria nacional (14,4%) FOTO: KLÉBER A. GONÇALVESSegundo o diretor corporativo do Instituto de Desenvolvimento Industrial do Ceará (Indi), da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec-CE), Carlos Matos, os segmentos de moda íntima, moda praia e surf wear tem se destacado na indústria local. O Ceará foi o sétimo estado em exportações no setor, com participação de 2,6% do total nacional no ano passado – o que representa US$ 3,4 milhões, segundo o Perfil Setorial Vestuário 2013.Conforme o documento, que foi divulgado ontem pelo Indi, “as exportações do setor de vestuário do Ceará são, predominantemente, de produtos de malha, que chegam a ter quase 80% do total”. No segmento, “T-shirts e camisolas interiores” tiveram a maior representatividade, com 20% de participação. Juntamente com ele, “Moda íntima, roupões de banho, robes” e “Casacos, vestidos, saias, calças, bermudas de uso feminino” somam mais de 50%.Com o subsetor “Moda íntima”, o Ceará apresenta-se como destaque no Brasil, ficando em terceiro lugar em participação na indústria nacional (14,4%) – com 14,16% em receita líquida, 14,62% em custos e despesas e 13,65% em Valor da transformação industrial (VTI).

“Há uma meta ousada do setor de crescer 50% da participação que hoje se tem no Brasil (até 2018). Apesar da queda da participação na produção do País e do próprio setor em geral, o Ceará representa 6% do mercado nacional, enquanto a economia cearense é só 2% da brasileira, ou seja, é três vezes maior. Há uma competitividade, por conta de segmentos que trazem diferencial”, argumenta Matos.

Comportamento

Conforme o Perfil Setorial Vestuário 2013, os segmentos que tiveram comportamento mais dinâmicos no período analisado foram: “Moda íntima, roupões de banho e robes” com crescimento na participação das exportações do setor no Estado superior a 15,6 pontos percentuais (produtos de malha e exceto malha); e “Moda Praia” com variação de 7,4 pontos percentuais.

Os dez principais países compradores dos produtos cearenses de vestuário no mercado externo representam quase 90% de toda a exportação do setor. “Dentre esses, quatro são da América Latina, e representam 70% dessas exportações, sendo a Argentina o principal destino”, diz o documento do Indi.

FONTE: http://glo.bo/14Ihfci

impressão e tintas UV

A impressão com tintas UV e suas vantagens

No post de hoje vamos falar um pouco mais sobre a impressão com tintas UV e te preparar para o próximo lançamento Fremplast: INK JET UV FLEXÍVEL. Mas, afinal,...

Leia Mais
page 01 8 - Dicas para escolher o moletom certo para sua marca

Dicas para escolher o moletom certo para ...

Como escolher o moletom certo para a sua coleção de inverno? Você deseja criar um produto de qualidade que irá ajudar a construir sua marca ou apenas produzir uma...

Leia Mais
prensa térmica

4 dicas na hora de trabalhar com uma pren...

No post de hoje vamos focar em dicas na hora de usar a sua prensa térmica para estampar que vão lhe ajudar a poupar dinheiro. As prensas térmicas são...

Leia Mais