Telefone: +55 11 2489-6960 | 0800 772 1069

No post de hoje gostaríamos de compartilhar com vocês as dicas dos nossos seguidores sobre como responder às demandas um pouco complicadas dos clientes de serigrafia.

Faz um tempo, publicamos um post sobre as 10 coisas para não se dizer a quem trabalha com serigrafia e tivemos muitos comentários dos nossos seguidores contando como eles lidam quando recebem um cliente que faz uma demanda que é mais difícil de atender.

  1. O que dizer quando o cliente diz: Quando você quer para estampar UMA camiseta?

O Edson Ferreira compartilhou a experiência que ele teve:  “Se o cliente estiver mesmo a fim não vejo problema. Esta semana fiz 6 camisetas para uma agência. bancária cor vermelha impressão em branco frente e costa. Ele pagou R$ 390,00 e ficou muito feliz, também não me atrapalhou.”

E quando o cliente só quer 1 camiseta mesmo, é mais difícil. O Jó Camisetas Serigrafia, compartilhou seu relato e deu uma sugestão: “Sempre as pessoas perguntam isso e tenho que explicar que não da pra estampar só uma que não compensa pegar o pedido de uma, mas sempre indico falar com os amigos para fazer uma certa quantidade e muitas vezes da certo.”

O pessoal da Imagem Confecções também deu uma dica legal: “Primeiro passo é informar os clientes, explicamos todo processo, desde o corte até a embalagem, primeiro apresento o produto, depois o preço.”

Olha só como o Ericson Almeida faz: “Eu faço uma camiseta. Cobro a tela do mesmo e o fotolito. Desta maneira ganhei muitos clientes. Eu busco entregar as soluções para meu cliente e não atrapalhar ele.”

O Marco Ramone também compartilhou a experiência dele: “Eu estampo apenas uma peça. E cobro um valor que cubra o gasto e o trabalho de gravar uma tela. Foi assim que meu negócio cresceu o suficiente no seu primeiro ano.”

O Resistencia Urbana também disse o seu ponto de vista e achamos muito interessante: “A pergunta parece ser absurda pra gente que é da área, mas para o cliente é normal a pergunta. Se for em uma cor e fizer 6 pelo menos já dá pra fazer e ganhar a graninha do churras pro fim de semana.”

Valorizar o nosso trabalho também é muito importante como lembrou o Diogo Souza: “Complicado nem é o não fazer a camiseta, pois até da pra fazer, a questão é o cliente que não quer pagar o preço que vale…eu já ouvi diversas vezes: – ah, mas na internet é 25 reais você me cobra esse preço absurdo em 1 camisa? O importante é não ceder, pois sabemos o que gastamos e precisamos valorizar nosso trabalho.”

2. E quando ele pede: Você pode estampar uma camiseta e enviá-la para mim para que possa ver como vai ficar?

O pessoal da Alta Definição compartilhou como age: “Isso é o que mais me pedem, o segredo é passar ao cliente que isso tem um custo e com calma fazer com que entenda e possa ajudar neste custo.”

Educação sempre em primeiro lugar como lembrou o pessoal da Ideal Serigrafia: “É um pedido frequente, mas com toda educação explico que este material tem custo e que é preparado para impressão em sequência que não pode ser uma única impressão!”

E pessoal da ArtSilk também compartilhou a experiência que está tendo no momento: “Isso é o que esta acontecendo comigo neste exato momento. Um cliente vai realizar um pedido de quase 4000 camisetas mas precisa que seja realizado o silk de 1 para ver se vai ficar bacana. Tenso demais produzir telas para pintar 1 camiseta. E se ele nao gostar da produção final e pedir alguma mudança e pedir novamente pra ver como fica?” – Realmente é complicado mas tivemos o amigo da VLL Uniformes que lembrou algo importante: “Bom, neste caso vale a pena fazer a amostra, pois serão 4000 Camisetas né, vai que você estampa tudo e depois ele não goste…”. Bem pensado!

O Henrique Cortes deu uma ideia bem legal: “Aqui em Vitória, ES, a pessoa pede uma de amostra, eu cobro todas despesas, havendo fechamento eu desconto do valor inicial. Existem pessoas mal intencionadas.”

Se você tem mais dicas e relatos de como agir nessas situações, por favor, compartilhe nos comentários abaixo.