Esgotamento profissional, conhecido no mundo inteiro pelo termo “burnout”, é algo cada vez mais comum entre pessoas dos mais diversos ramos de atuação. Competição, pressão, crise econômica… tudo isso vem se acumulando sobre os brasileiros e o resultado é que 30% dos trabalhadores do país já sofrem com essa síndrome.

Achamos importante falar sobre isso com vocês já que o ramo da serigrafia e estamparia em geral, muitas vezes começa apenas com uma pessoa! Você pode ser responsável por todas as etapas do negócio e pode ser fácil dedicar todas as horas que você passa acordado ao seu negócio. Há uma lista interminável de tarefas e uma tentação constante de ficar até mais tarde para concluir o projeto em que você está trabalhando, mas é preciso ter limites.

 

Sintomas do Esgotamento Profissional

 

A síndrome do “Burnout” te faz se sentir estressado, sobrecarregado e cansado. O esgotamento profissional é ruim para você e pode atrapalhar o sucesso do seu negócio.

Por isso, no Blog de hoje, resolvemos falar um pouco sobre como podemos nos organizar em nossa rotina de trabalho para que possamos evitar esse esgotamento que nos faz tão mal. Acreditamos que o equilíbrio entre o profissional e o pessoal seja fundamental para a saúde.

 

Defina uma carga horária de trabalho diária

 

Quando você é responsável pelo seu próprio negócio, o lucro de sua empresa está diretamente relacionado a quanto trabalho você consegue realizar e pode ser tentador trabalhar por longos períodos e inclusive negligenciar fins de semana e férias. Mas essa “dedicação” inicial pode custar muito caro e prejudicar lá na frente. (Isso porque nem vamos entrar no mérito do quanto pode atrapalhar a sua vida pessoal e seus relacionamentos).

Nem sempre estar ocupado, significa estar produtivo! Muitas horas seguidas de trabalho podem atrapalhar sua produtividade. Para evitar o excesso de trabalho, decida quantas horas você está disposto a trabalhar e empregue estratégias para se manter dentro desse limite.

 

Otimize seu tempo, investindo-o no que realmente importa

 

Para evitar trabalhar por mais tempo do que você pretende, concentre-se nas tarefas prioritárias e naquelas que podem gerar mais resultados para os seus negócios. Exemplo: Você pode contratar um jovem-aprendiz ou um estagiário para cuidar de embalagens, arquivamento de documentos, limpeza das máquinas, para que seu tempo seja melhor gasto em reuniões com clientes em potencial ou na criação de artes personalizadas.

 

O tempo é algo flexível! Pense nele dessa forma

 

Seja para você mesmo, ou para seus funcionários, o velho ditado é a mais pura verdade: “o combinado não sai caro”. Que tal ser mais flexível com as horas de trabalho de forma que as outras tarefas que fazem parte da nossa vida consigam se encaixar na nossa rotina de forma natural ao invés de se tornarem motivos de stress e preocupação?

Se hoje os funcionários tiveram que ficar até mais tarde para resolverem uma entrega, amanhã eles podem sair mais cedo. Ou podem tirar horas para acompanharem seus filhos em atividades extracurriculares. De repente a hora do almoço pode ser mais longa para que os funcionários possam ir até a academia que é vizinha onde possuem um plano empresarial com desconto.

Vida profissional e pessoal podem andar juntas! Esperamos que essas dicas possam melhorar o dia-a-dia de vocês. Comente abaixo o que você faz para evitar o “burnout”

Aproveite e confira também: Como está a serigrafia em 2018?

 

Se gostou, não deixe de acompanhar o nosso Blog e seguir a Fremplast nas redes sociais: Facebook, Instagram, Youtube e Twitter.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.