O momento da venda, muitas vezes vai além da oferta e preço do produto. Você já parou para pensar que, muitas vezes, é preciso instruir o seu cliente? A questão é que em alguns casos nos deparamos com problemas que envolvem gosto pessoal. O seu cliente pode lhe trazer uma arte que você já sabe que não entregará um bom resultado final. E nessa hora, o que fazer?

As vezes é a arte que está mal feita, ou a escolha de tecido ou cores que não foi muito feliz, mas quando nos deparamos com uma situação como essa, o que fazer? Você ignora a sua razão e intuição e faz o que seu cliente está pedindo, ou tenta convencê-lo a considerar alternativas que você sabe que serão melhores opções?

Seja qual for o caminho a seguir, é importante enfatizarmos o tato! Afinal, a última coisa que você deseja é ofender o seu cliente. Você não sabe de onde veio a arte, pode ser que ela tenha sido feita pelo próprio cliente, pelo filho dele ou um amigo e ele pode ter uma relação sentimental com o desenho.

Um bom caminho a seguir é sugerir outras soluções ao invés de criticar a arte original. Compare os pontos positivos, demonstre todo o seu conhecimento, seja objetivo e prático.

Nós acreditamos que seja melhor você expor a sua ideia com base na sua experiência desde o começo e explicar ao seu cliente como ele pode ser mais feliz com outras opções do que imprimir 300 camisetas feias e nunca mais receber um pedido deste cliente.

Outra coisa importante é saber qual a finalidade da camiseta? Seu cliente vai usar? Vender? Será brinde? Material promocional?

Acreditamos que o mais importante é que você seja parceiro do seu consumidor e ajude-o a fazer as melhores decisões.

Se gostou, não deixe de acompanhar o nosso Blog e seguir a Fremplast nas redes sociais: Facebook, Instagram, Youtube e Twitter.

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *