Muitas vezes brindes, ou seja, produtos promocionais personalizados, não vão alcançar seus objetivos de marketing. As pessoas recebem, usam por um breve momento e, logo após, seu produto (e dinheiro) vão para o lixo.

Fique tranquilo, o texto de hoje não é para te desmotivar, justamente o contrário! Hoje vamos dar dicas de como você deve fazer e vender os produtos personalizados aos seus clientes de modo a obter uma eficácia muito maior em valor e presença de marca.

Aproveite para ler também: Faça um boné promocional agregar valor à marca.

Ao se atentar em detalhes importantes, você pode transformar pessoas em embaixadores da sua marca! Vamos lá?

Primeiramente, existem algumas estatísticas provenientes de uma pesquisa recente que diz que:

 

  • 57% das pessoas conseguem lembrar de uma marca que viram estampada em uma caneca, enquanto 32% lembraram ao ouvir no rádio e apenas 28% ao ver na televisão;
  • 77% dos consumidores dizem que a usabilidade de um item promocional é o principal motivo para que eles não de desfaçam daquele item;
  • Em média, as pessoas guardam peças promocionais por cerca de 7 meses.

As pessoas afirmam que se lembram mais de uma marca por conta de itens promocionais, justamente porque são físicos. Ou seja, temos um excelente ponto a nosso favor para vendermos esses produtos às marcas. No entanto, temos uma grande responsabilidade também: criar produtos interessantes, bonitos e que tenham boa usabilidade.

Outro ponto muito importante cabe ao seu cliente: Não adianta ele distribuir esses itens a esmo. Esses itens que contém a sua marca devem chegar nas mãos de pessoas que consomem ou podem consumir o seu produto.

O próximo ponto de atenção é essencial para uma campanha promocional que deseja resultados! Quanto mais barato for o produto, ou seja, quanto mais barato você pagar pelo material ou empresa, maiores as chances de você realmente jogar dinheiro pela janela. Sabe a história do “barato que sai caro”? Quem vai querer usar uma camiseta que tem um material desconfortável e que ficou toda torta depois de uma lavagem? Ou quem vai guardar um copo de plástico promocional que a tinta está saindo?

Uma caneta que custa 50 centavos e uma caneta que custa 2 reais são diferentes, tendo a sua marca nela ou não, mas você prefere atrelar a imagem da sua empresa a qual? Tem itens promocionais que são tão bem-feitos que as pessoas colecionam e outras disputam a tapa… Melhor assim do que fazer uma quantidade muito maior de produtos que ninguém se importa.

Uma linha bacana de pensamento é pensar em cada produto como um presente da empresa e não como um brinde promocional. Você gostaria de entregar pessoalmente esse presente para as pessoas? É útil e tem valor?

Com o produto certo, para o público certo. Feito com materiais de qualidade e por uma empresa que sabe o que faz, as chances são grandes de se ter um ótimo resultado de reconhecimento de marca.

 

Aproveite para conferir Itens promocionais personalizados para Pets, um mercado ainda pouco explorado.

 

Se gostou, não deixe de acompanhar o nosso Blog e seguir a Fremplast nas redes sociais: Facebook, Instagram, Youtube e Twitter.

One Response to Dicas essenciais para produtos promocionais personalizados
  1. Pensar o brinde como um presente, ótima dica de argumentação nas vendas. Trabalhamos com brindes (www.portosetecamisetas.com.br) e defender o valor de um produto é quase sempre uma dificuldade.


[top]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.